Fotografia Infantil

Memórias de Mamães

Parto | Suzane + Tiaguinho

Eu AMO fotografar crianças! Elas são puras, verdadeiras! Mas fotografar o nascimento de alguém é muito, mas MUITO emocionante! O início de uma vida ali, na minha frente, nas minhas lentes! É mesmo incrível! Amo fotografar partos!

Com o Tiaguinho não seria diferente! Como nosso contato já foi no finalzinho da gestação, acabei conhecendo a Suzy e o Tiago ali, na recepção do Hospital! E parecia que conhecia aqueles dois fofos há anos! Empatia de primeira! Pais da vaidosinha Manu (porque vaidosa MESMO é a Suzy! Sempre me pedindo para ajeitar seu cabelo! Hehehe) estavam bem ansiosos pela chegada do caçula da família! Fiz o registro dos últimos momentos da barriga da Suzy, do parto e, como ela já sabe que seu corpo demora um pouquinho mais para se recuperar da anestesia, ela me pediu para voltar no dia seguinte para tirar as primeiras fotos do Tiaguinho com a família! Príncipezinho lindo!

Anúncios

Antes de ser mãe

O post de hoje será especial! Especial talvez porque eu esteja mais emotiva este ano do que jamais estive. Especial porque ano passado o Dia das Mães foi no dia de hoje, 8 de maio e, coincidentemente, me tornei mãe no Dia das Mães. Então, hoje pedirei licença a todos os pais, aos meus amigos, às minhas amigas que ainda não têm filhos. Hoje dedicarei esse poema da Silvia a todas as mamães que acompanham o blog! Deixo de lado minha aversão aos clichês e me entrego a essas palavras mais sinceras e verdadeiras. Só porque estou adorando ser mãe e mãe é mesmo “tudo babona”.

Claro, fotos não iam faltar! Nunca faltam! Muitas e muitas fotos com minha pequenina, difícil foi escolher. Pedi ao maridão que escolhesse apenas 02 e aí vão!

 

ANTES DE SER MÃE por Silvia Schmidt

Antes de ser mãe, eu fazia e comia
os alimentos ainda quentes.
Eu não tinha roupas manchadas,
tinha calmas conversas ao telefone.
Antes de ser mãe, eu dormia o quanto eu queria,
Nunca me preocupava com a hora de ir para a cama.
Eu não me esquecia de escovar os cabelos e os dentes

Antes de ser mãe,
eu limpava minha casa todo dia.
Eu não tropeçava em brinquedos e
nem pensava em canções de ninar.
Antes de ser mãe, eu não me preocupava:
Se minhas plantas eram venenosas ou não.
Imunizações e vacinas então,
eram coisas em que eu não pensava.

Antes de ser mãe,
ninguém vomitou e nem fez xixi em mim,
Nem me beliscou sem nenhum cuidado,
com dedinhos de unhas finas.
Antes de ser mãe,
eu tinha controle sobre a minha mente,
Meus pensamentos, meu corpo e meus sentimentos,
e dormia a noite toda.

Antes de ser mãe,eu nunca tive que
segurar uma criança chorando,
para que médicos pudessem fazer testes
ou aplicar injeções.
Eu nunca chorei olhando pequeninos
olhos que choravam.
Nunca fiquei gloriosamente feliz
com uma simples risadinha.
Nem fiquei sentada horas e horas
olhando um bebê dormindo.

Antes de ser mãe, eu nunca segurei uma criança,
só por não querer afastar meu corpo do dela.
Eu nunca senti meu coração se despedaçar,
quando não pude estancar uma dor.
Nunca imaginei que uma coisinha tão pequenina,
pudesse mudar tanto a minha vida e
que pudesse amar alguém tanto assim.
E não sabia que eu adoraria ser mãe.

Antes de ser mãe, eu não conhecia a sensação,
de ter meu coração fora do meu próprio corpo.
Não conhecia a felicidade de
alimentar um bebê faminto.
Não conhecia esse laço que existe
entre a mãe e a sua criança.
E não imaginava que algo tão pequenino,
pudesse fazer-me sentir tão importante.

Antes de ser mãe, eu nunca me levantei
à noite toda , cada 10 minutos, para me
certificar de que tudo estava bem.
Nunca pude imaginar o calor, a alegria, o amor,
a dor e a satisfação de ser uma mãe.
Eu não sabia que era capaz de ter
sentimentos tão fortes.
Por tudo e, apesar de tudo, obrigada Deus,
Por eu ser agora um alguém tão frágil
e tão forte ao mesmo tempo.
Obrigada meu Deus, por permitir-me ser Mãe!

 


Ah, os 3 meses…!

“Com 3 meses tudo muda com os bebês!” Acho que foi a frase que mais ouvi nos primeiros meses da Nina. Ela tinha cólicas super fortes, tadinha. Dava muita dó! Em nós, mulheres, já é uma tortura passar por isso todo mês. Quem dirá com os bebês! Não é fácil! E também não há muito que fazer. Os remédios têm pouca eficácia. Realidade!

Com 2 meses e meio Nina deixou de ter as sofridas cólicas! Yay! O que restou? Muitos sorrisos e bons momentos para posar para as lentes da mamãe!

Delicie-se!


…nos primeiros dias após o nascimento da Nina minha mãe ficou aqui em casa ajudando em tudo. Não fosse isso acho que o Arthur e eu teríamos surtado! Como típica “Monica Geller” que sou, estava ficando maluca com a casa bagunçada, lixo cheio de fraldas, leite pra tirar para não empedrar os seios, fazer as refeições, lavar louças, roupas, coisas da neném, faxinar a casa, tomar banho, dar banho na Nina, amamentar, trocar milhares de fraldas, lidar com as cólicas dela (pausa para meu protesto pessoal: Obrigada Anvisa por tirar a Funchicórea de circulação! #not)… dormir. Enfim, todas as coisas de que uma casa, uma mãe de primeira viagem e uma recém nascida necessitam no primeiro mês – apoio e ajuda! E quanta ajuda!

Em meio a tudo isso meu lado fotógrafa estava a mil! Queria registrar tudo! Cada detalhezinho, cada pose, cada momento da minha pequena. Nesse turbilhão de coisas improvisamos um cantinho para clicá-la.

Um beijo e um ótimo feriado!

 

 


Nina

Olááá! Estou de volta!!! Ficamos um bom tempo ausente, mas voltamos com muitas novidades!
Como todos sabem, eu estava grávida e há 3 meses sou mãe da Nina! Minha modelinho preferida. =D

O post de hoje será sobre a chegada dessa princesinha! As fotos foram feitas pelo meu marido, o Arthur. Ele assina alguns trabalhos junto comigo. Quando descobri que estava grávida decidi que queria fotos do meu parto! E fotos boas! Foi aí que comecei a encher a paciência dele com isso! Como todo pai babão, ele queria apenas curtir o nascimento da Nina, mas não queria por nada clicar esse momento. Eu insisti tanto que acho que o venci pelo cansaço! rs Hoje eu e ele temos a certeza de que se não tivéssemos feito as fotos, estaríamos muito arrependidos! É incrível, e uma delícia, poder rever cada foto e lembrar com mais intensidade e detalhes do momento mais importante de nossas vidas.
Curtam um pouquinho aí.


Família

Acho que todo mundo sabe da minha paixão por crianças e por animais, certo? Ainda mais da minha paixão em fotografá-los!!! Sem dúvida é o que eu gosto de fazer MESMO! Mas acho que poucos sabem que em breve meu primogênito Nicko – digo, meu Maltêsinho lindo – terá uma irmãzinha perambulando pela casa! =] yeah! I’m pregnant!

Demorei a contar para vocês, mas é porque ainda estou me recuperando do susto! É, acho que para algumas pessoas deve ser menos assustador, não pra mim! Eu AMO essas miniaturinhas de gente, com suas roupinhas, sapatinhos, frufrus, dedinhos, tudo tão delicadinho….é impossível resistir! Mas em pensar que dali 17 anos aquele serzinho estará te enlouquecendo…meu Deus! Tá, eu sei que não demora tanto assim. Hehehe

Então, como filhota (sim, ainda por cima é uma menina! Ai, meu pai!) de dois fotógrafos, não podia ser diferente né: os cliques já estão a todo vapor! =) Confesso que provavelmente vocês encontrarão poucas fotos minhas no blog porque meu negócio mesmo é estar do outro lado da câmera, mas o restante da família aparecerá com certa frequencia aqui.

Ontem foi muito engraçado, quando estava indo trabalhar me dei conta que os Ypês branco tinham tomado conta da cidade! Logo pensei: “ai, acho que consigo um tempinho no final de semana para fazer umas fotos das coisinhas da pimpolhinha nos Ypês”. Mas o detalhe é que essa espécie de Ypê não fica muito tempo florida – dura só uns 4 dias. Então precisava achar um jeito de fazer as fotos antes do final de semana! Mas como? Se eu trabalho o dia inteiro e nas raras horas vagas está chovendo? Foi quando o Arthur me ligou: “Brui, vamos fazer as fotos agora no almoço?! Pego as coisas e te encontro lá!” Pronto! A coincidência de pensamentos foi muito legal! Tivemos cerca de 15 minutinhos para clicar antes da chuva desabar! Mas valeu a pena!!!


Ensaio Gestante | Raquel

O ensaio de gestante da Raquel foi diferente de qualquer outro que eu já fiz! Ela me ligou meio desesperada pedindo para eu fotografá-la naquela mesma semana porque ela já estava sentindo algumas contrações! Deu até um frio na espinha! Ela também estava muito preocupada, pois sonhava em fazer as fotos ao ar livre e naquele mês choveu todo santo dia! Infelizmente eu tinha 2 provas naquele fim de semana e agendamos o ensaio dela para o próximo. Foi a nossa sorte! Durante a prova eu não parava de pensar na Raquel. Se ela tava bem….se o Enrico estava ainda calminho dentro da mamãe….de repente caiu uma chuva daquelas! Pensei: “realmente as coisas acontecem quando têm que acontecer”! Independentemente das minhas provas o tempo não teria deixado o ensaio ser como ela gostaria.

 Passadas as provas me acalmei e pude me dedicar por inteira ao ensaio da Raquel. Pensei em cada detalhe das nossas conversas por telefone e email. Sabia que no ensaio estariam o Henrique e a Maitê, a primeira filha do casal. Como a Maitê tem 2 aninhos, pensei numa forma de deixar o ensaio lúdico para que ela ficasse mais a vontade com a câmera. Fui atrás de balões, de tintas guache, de flores, fiz os cartõezinhos com o nome do Enrico…

 O ensaio foi ótimo, muito bom mesmo. A Raquel, na correria, esqueceu os objetos que eu havia pedido, mas no final deu tudo certo! Quando íamos usar um balão para fazer uma foto que eu havia imaginado, pedi para a Maitê escolher aquele que ela achava o mais lindo de todos. Como a maioria das meninas dessa idade, ela escolheu o balão rosa. Quando íamos fazer a tal foto o balão se soltou da mãozinha dela….gente que dó! Ela ficou desesperada! Chorava um choro tão sentido que a gente ficou com o coração partido. Distraímos a pequena e fomos brincar com as tintas para pintar a barriga da mamãe! Melhor saída não havia! No mesmo instante ela esqueceu o balão e fez a festa melecando as mãos com as tintas!

 Um beijo grande!

 


Ensaio Gestante | Priscilla

Sabe aquelas pessoas que escolheram a profissão certa? Com a Pri só pode ter acontecido isso! Ela tem o dom para a coisa! Nunca vi alguém com uma paixão e um carinho tão grandes pelos animais!!! Super atenciosa e dedicada, eu só quero ela para ser a  veterinária do Nicko [meu filhotinho peludo! Mais para frente  postarei umas fotos do Ensaio Pet que fiz com ele! :)].

Certo dia Nickito tava com algum probleminha, corri para o telefone  e liguei para a Pri me socorrer. Até esqueci o que ele tinha quando ela falou: “Bruuuu! Tô grávida!!!” [ok, ele não tinha nada demais! Era só eu pagando de “mãe de primeira viagem]. Sério gente, o que seria a Pri, linda daquele jeito, grávida? Óbvio que o resultado foi um ensaio belíssimo! E, CLARO, com toda a  bicharada reunida! Para constar: na casa dela moram 2 cadelas [a Sara e a Flora] e 3 gatinhos [o Valentim, a Lili e o Costelinha!]. A Preta [outra gatinha] e  a Diana [égua] moram na Hípica. O principal vou dizer agora: a Pri tava grávida de gêmeas!!!! Que coisa mais linda, né?! Duas princesinhas! A Lara e a Mariah!

As fotos foram feitas na casa da Pri mesmo! Quando cheguei, ela,  super tímida, tava  morrendo de medo de posar. Mas ela nem desconfiava que era exatamente isso que eu não queria. Nada muito posado! Muito pelo contrário, queria captar a naturalidade de uma manhã gostosa entre ela e seus amores. E foi o que aconteceu!

Pri, um beijo enorme e obrigada pela confiança no meu trabalho. Nicko manda lambidas!

Lambidas e dengos para o Valentim [o rajadinho de olho azul que ta mordendo o queixo da Pri], a Flora [basset], a Sara [que tá fazendo um dengo na barriga da Pri], a Lili [a de olho azul que tá ganhando uma beijoca] e o Costela [aquele gostoso que tá se dando um banho]!

Fiquem com algumas fotos desse dia…

Beijinhos!